Welcome to MedicalPress a Premium Medical Theme
Title Image

CID odontológico: tudo que você precisa saber

Home  /  Organização   /  CID odontológico: tudo que você precisa saber

CID odontológico: tudo que você precisa saber

Todo profissional da área de saúde precisa estar familiarizado com o CID ou com o CID odontológico, a sigla significa Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde. Trata-se de uma extensa lista em que estão registradas e codificadas todas as doenças conhecidas atualmente pela medicina. A OMS (Organização Mundial de Saúde) é o órgão que se responsabiliza por editar e atualizar periodicamente essa lista de classificações, que é válida em todo o mundo. 

Para quê serve o CID odontológico?

Não é difícil entender a importância de uma classificação tão abrangente como o CID, certo? Essa lista permite identificar de forma objetiva uma série de doenças, enfermidades, sintomas e problemas de saúde de forma geral. Com isso, a troca de informações entre profissionais é facilitada, otimizando a possibilidade de tratamentos multidisciplinares e até mesmo entre médicos e dentistas que atuam em diferentes localidades, inclusive em países diferentes!

Além disso, o registro de doenças com base na classificação do CID possibilita a verificação de estatísticas da incidência de dada enfermidade em determinada região geográfica ou período do tempo, sendo útil para a obtenção de dados para instituições de pesquisas e universidades.

O CID, no dia a dia, é bastante útil também para os convênios de saúde, para liberação de procedimentos relacionados às enfermidades registradas, para emissão de atestado médico para empregadores e também para fins previdenciais.

Apesar dos ganhos que a ferramenta proporciona, há aqueles que questionam a validade do CID. O principal motivo para isso são as lacunas deixadas pela lista, profissionais afirmam que ela é incompleta e insuficiente para lidar com determinados casos e ocasiões, principalmente na área da odontologia.

CID Médico x CID Odontológico

Existe no CID médico um capítulo dedicado aos problemas relacionados à cavidade bucal, entretanto, trata-se de uma parte pouco extensa e que não abrange uma série de enfermidades próprias da odontologia. O CID-OE (Classificação Internacional de Doenças em Odontologia e Estomatologia) ou CID odontológico vem com o objetivo de suprir parte dessa deficiência. Entretanto, não há consenso sobre qual das duas classificações deve ser utilizada. 

De acordo com as pesquisadoras Olga M. P. SilvaI e Maria Lúcia Lebrão, que fizeram um estudo comparativo entre o CID-10 (médico) e o CID odontológicoo ideal é que ambas as listas sejam utilizadas de forma conjunta:

“A constatação da perda da possibilidade de codificação ao se utilizar a CID-OE reforça a necessidade de se utilizar a CID-10 conjuntamente com a CID-OE. Para muitos pesquisadores e profissionais da área odontológica a ausência da reprodução integral da CID-10 na CID-OE pode não ser notada, gerando uma lacuna na hora de se codificar diagnósticos e motivos de consulta.”

Como usar o CID odontológico?

A classificação do CID pode ser composta por até 6 caracteres, indo do A00 ao U99. O capítulo relacionado à doenças bucais do CID-10 vai do K00 a K03.1, já o CID odontológico é mais extenso, indo do K00 até o K14.9. São milhares de doenças classificadas e, é claro, não é necessário decorar tudo isso!

Você pode utilizar um leitor de PDF para abrir a classificação e pesquisar pelo código ou pelo nome da doença através do atalho CTRL + F ou então utilizar um site próprio para isso, como o www.cid10.com.br .

Esperamos que esse artigo tenha sido útil para você, afinal, o CID faz parte do dia a dia dos cirurgiões dentistas em todo o mundo, por isso, entender melhor sobre essa classificação é importante para a sua carreira. Aqui no blog do TotalClinic você encontra diversos outros conteúdos voltados para te ajudar a conquista o sucesso profissional atuando na área da odontologia. Confira!